Tempo, tempo, tempo…

Se lhe perguntassem por que você não fazia uma série de coisas que você vivia dizendo que queria fazer há quinze dias, você provavelmente responderia: não tenho tempo! Não é verdade?

Pois hoje se tem uma coisa que a maioria de nós temos é tempo.

Na verdade continuamos tendo um dia de 24 horas, uma semana de sete dias, mas, diferente do que rotineiramente acontecia, o ritmo de vida desacelerou. Não gastamos mais tempo indo ao trabalho, escolhendo a melhor roupa ou fazendo uma serie de coisas que costumávamos fazer. E por isso, as horas, que antes pareciam minutos, agora parecem dias.

Mas, voltando ao primeiro paragrafo deste texto, o tempo que você não tinha agora existe e aí te pergunto: você está tirando do campo das ideias os tais projetos antes adiados?

Se a resposta for positiva, parabéns! De fato lhe faltava tempo. Se não, quero te dizer que o que lhe falta é foco e determinação. 

Aproveita esses dias e cria uma nova rotina, mais saudável, mais produtiva, mais focada. 

Você está tendo a oportunidade de sair deste isolamento melhor, então aproveita.

Boa semana!

Agenda diária 

Uma das formas de fazer seu tempo livre trabalhar pra você é tendo planejamento.

Criar uma rotina em que estejam inseridas as atividades que você quer que façam parte da sua vida pós-corona é a chave.

Crie uma agenda diária. Com horários definidos para cada atividade e assim você consegue aproveitar melhor as horas e manter o foco. Além de auxiliar você a manter sua saúde mental em dia. 

Treino em casa

Com as academias fechadas e a nova rotina que tomou conta das nossas vidas, o jeito é apelar para os treinos em casa. Ainda bem que muitos profissionais e espaços de treinamento estão oferecendo aulas gratuitas para serem feitas em casa.

Mas é preciso entender uma coisa. Você precisa escolher um profissional e seguir o treino preparado. 

Ficar pulando para um e para outra prejudica sua evolução e pode estressas seus músculos. 

Sabe por quê? 

Os treinos são preparados dentro de um contexto amplo e não apenas diário. Preparados para trabalhar determinados grupos musculares em dias diferentes e quando você muda  constantemente de treino, você pode estar trabalhando apenas um grupo muscular e pode acabar machucando-os. Por isso, escolha um e foco nos exercícios.

Exercícios ao ar livre

Há quem prefira manter o ritmo dos exercícios fora de casa. Por enquanto não há vedação a isto. Mas você precisa entender que mesmo para as áreas abertas é preciso seguir normas de segurança.

Nada de se amontoar pelos parques da cidade, como a gente tem visto acontecer. 

A distância mínima de segurança é um metro. Além disso, você precisa ter cuidado para não tocar nenhuma superfície e ao chegar em casa deixe os sapatos do lado de fora, tome um bom banho e coloque as roupas direto pra lavar. Praticar atividade física deve caminha diretamente ligada a segurança.

Falando em segurança 

Se é importante manter a segurança ao praticar atividade física fora de casa também é preciso cuidado dentro de casa. 

Limpar o chão e os objetos com água sanitária e sabão ajuda a manter o ambiente esterilizado.

O mesmo vale para as frutas e verduras. Primeiro lave em água corrente, depois deixe pelo menos 15 minutos de molho numa mistura de uma colher de água sanitária para cada um litro de água sanitária. Antes de guardar, lave novamente em água corrente.

A dica vale para além destes tempos. Ela deve ser praticada sempre e evita a contaminação por vermes, bactérias e outros microorganismo que são nocivos a nossa saúde.

Quarteto da felicidade

O isolamento social tem deixado muitos de nós abatidos, angustiados e deprimidos. E a coisa tende a piorar conforme o tempo de confinamento aumenta. 

Uma forma de melhorar e cultivar atitudes que aumentam o quarteto da felicidade. Que nada mais é que quatro substâncias químicas naturais em nossos corpos que dão ao cérebro a sensação de felicidade. São elas: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Endorfina – Um tipo de morfina natural do organismo. Estudos mostram que dançar, cantar, executar atividades em grupo e comer comidas picantes são formas de aumentar os índices desta substância no organismo.

Serotonina – A estratégia mais simples para elevar o nível de serotonina é recordar momentos felizes. Tomar sol, receber massagens e praticar exercícios aeróbicos também auxiliam.

Hora de organizar os álbuns e recordar muita coisa boa que você já viveu! 

Dopamina – Essa substância química é acionada quando se dá o primeiro passo rumo a um objetivo e também quando a meta é cumprida.

A melhor maneira de elevar a dopamina, portanto, é definir metas de curto prazo ou dividir objetivos de longo prazo em metas mais rápidas. E celebrar quando atingi-las. 

Olha aí, vamos criar metas diárias e alcançando-as sermos mais felizes?!

Oxitocina – Abraçar é uma forma simples de se conseguir um aumento da oxitocina. Dar ou receber um presente é um outro exemplo. 

Considerado o líder deste quarteto, pois a falta dela pode levar a morte. 

Que tal aproveitar estes dias e dar muitos abraços na sua família?!

Publicado por elatem50

Jornalista, advogada, adepta da vida saudável, da prática esportiva. Assina 🗞 Coluna de bem-estar no @jornalopiniao #⃣ #ElaTem50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: