Mude sua mente

Durante todo o mês de julho abordamos em live no instagram os pilares de uma vida saudável. Falamos da importância da atividade física, do sono, do cuidado com a saúde mental, da hidratação e alimentação (live salvas no instagram @rachelmoreiraac). Mas nada disso fará diferença na nossa vida se os ensinamentos repassados a nós pelos profissionais ali presentes se não forem colocados em prática.

Precisa haver uma mudança em nossa mente. A transformação da nossa mindset nos ajuda a nos livrarmos das nossas crenças limitantes e nos faz crescer em todo nosso potencial.

Mudar hábitos nocivos não é fácil, mas é necessário. Romper com uma mentalidade fixa e tornar nossa mente flexível é um processo de autoconhecimento interessantíssimo e que vale muito a pena.

Neste primeiro sábado de agosto tivemos uma live complementar aos pilares da vida saudável com a mentora de líderes Simone Casas, que deu dicas de como mudar nosso modelo mental em busca de alcançar nosso potencial. 

O repórter do New York Times, Charles Duhigg, autor do livro “O poder do hábito”, passou duas décadas pesquisando como os hábitos funcionam. Ele afirma que a chave para mudar o que não funciona em nossas vidas é entender como os hábitos funcionam e transformá-los.

Temos hábitos cotidianos que passam quase despercebidos, pois são padrões de comportamentos repetidos por anos e anos como: tomar banho, escovar os dentes, se alimentar, etc. Ou seja, a repetição de um comportamento faz os hábitos, que são assimilados criando um processo de aprendizado e internalizando um conceito.

Essas ações inconscientes são repetidas automaticamente com o tempo, porque o cérebro está sempre procurando maneiras de poupar esforços.

Por isso, chegar em casa e se jogar no sofá com um pedaço de pão é mais fácil que chegar, trocar de roupa e ir caminhar ou preparar uma refeição saudável.

Para Duhigg existe o “Loop do Hábito”, que é a forma como um hábito se insere e funciona.

Começa com uma Deixa: estímulo que manda o cérebro entrar em modo automático, e indica qual hábito deve ser usado. Leva a uma Rotina: que é a forma como executamos a deixa. Recompensa: que ajuda o cérebro, a saber, se vale à pena memorizar este loop para o futuro.

Agora que você sabe disso, vamos mudar seus hábitos?!

Foto:mindset

Passos para mudança de hábitos:

– Identifique a rotina que você quer mudar (começar a fazer atividade física, por exemplo.)

– Experimente recompensas diferentes (entrar naquele jeans que há anos não cabe. Importante estipular metas possíveis a curto prazo, para que você não se desmotive pela demora de alcançar o objetivo)

– Separe a deixa (Se você arranja desculpas de trabalho sempre no fim do dia para faltar a caminhada, comece a fazer exercício pela manhã, por exemplo.)

– Tenha um plano para alterar a rotina que produza a mesma recompensa (Se as academias estão fechadas faça abdominais em casa, pule corda, enfim… mexa-se!)

Os Pilares da Vida Saudável

Uma vida saudável não se resume a não estar doente, mas está ligada a uma série de atitudes que nos fazem viver melhor. São elas:

*Sono e Saúde mental

Cuide da mente e melhore o seu corpo. É isso mesmo, esgotamento mental é um péssimo aliado da atividade física. Se você dorme pouco, é ansioso ou está estressado, seu corpo não irá responder bem aos exercícios físicos que você pratica. É preciso paz e descanso para que seu corpo tenha uma recuperação eficiente.

*Água, água e água

A água é elemento vital por nosso organismo. O ser humano pode passar dias sem comer, mas sem beber água jamais. Somos feito de água e precisamos dela pra viver. A água ajuda no emagrecimento, na saúde e na manutenção da juventude. Se é um litro, dois litros, três litros, isso depende. Agora o mínimo que você precisa consumir é o seu peso vezes 0,035ml. Faça a conta e insira este hábito maravilho em sua rotina. Ah, um lembrete: água é água, não é suco, não é chá, não refrigerante ou qualquer outra coisa líquida. Água é água e só. Boa e de certa forma barata.

*Alimentação

Você sabia que o intestino é considerado nosso segundo cérebro? Sabe porquê? Com mais de meio bilhão de neurônios e 30 neurotransmissores, o intestino produz 50% da nossa dopamina e 90% da serotonina. Isso mesmo. Ah, você não faz ideia do que é isso?! Deixa eu te explicar, dopamina e serotonina são neurotransmissores, mensageiros químicos que atuam no sistema nervoso central, que além de outras coisas regulam parte de nossas emoções, como o humor, o prazer, a atenção, etc.

Interessante, nè?! Pois é, o cérebro de baixo (intestino) influência o cérebro de cima, afetando nosso comportamento. Por isso é tão importante ter uma boa alimentação para ter vida saudável não apenas no corpo, mas também nas emoções.

Uma boa alimentação significa uma dieta balanceada com boas fontes de gordura, proteína e carboidratos. Nada de sair por aí fazendo dietas loucas para perder peso ou definir músculos. Reaprenda a comer e faça disso um estilo de vida. Deste jeito você ficará dentro do peso ideal para seu corpo.

*Mexa-se

Alimentação, hidratação, sono e saúde mental são partes de um processo que requer também a prática de atividades físicas.

Se você é avessa a elas. É do tipo que odeia academia, que tal caminhar 30 minutos pelos menos três vezes na semana. Além de excelente para o corpo é super relaxante. Coloque uma boa música no fone e saia com roupas apropriadas pelas ruas do seu bairro em horário seguro. Você vai ver como sua vida vai mudar para melhor.

Publicado por elatem50

Jornalista, advogada, adepta da vida saudável, da prática esportiva. Assina 🗞 Coluna de bem-estar no @jornalopiniao #⃣ #ElaTem50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: