Sua alma tem tempo ou tem pressa?

Eu adoro o livro O pequeno príncipe, como provavelmente quase 100% das pessoas que já o leram. As lições contidas ali são atuais não importa se você está lendo pela primeira, segunda ou terceira vez. Sim, é um livro para se reler sempre. Já li e reli infinitas vezes e pretendo ler outras tantas.

Dos muitos ensinamentos que a obra traz, quero falar de um especificamente hoje:  “Eis o meu segredo: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer…”

Talvez essa seja a frase mais conhecida e mais usada. Mas será que ela é colocada em prática com a mesma intensidade?

O Autor nos diz que para ver bem, corretamente, é preciso olhar além do que vemos com nossos olhos. É preciso perceber! E perceber não é tão simples. Para perceber algo é preciso dedicar tempo. Precisamos parar e observar a nós e aos outros.

Precisamos ver o essencial, porque é ele que importa e ele é invisível. Ele é percebido e não visto.

Essencial fala de essência e ambos dizem respeito a aquilo que é vital, é imprescindível, é de tamanha importância que chega a ser, em alguns casos, impossível existir sem.

Num mundo tão cheio de distrações como o nosso, como é difícil perceber o que de fato nos é essencial de verdade. Mas como é importante saber isto, caso contrário nos perdemos em emaranhados de coisas e pessoas e deixamos de lado aquilo e aqueles que importam. Inclusive nós mesmos.

Como diz Rubens Alves,

“Mas é preciso escolher. Porque o tempo foge. Não há tempo para tudo. Não poderei escutar todas as músicas que desejo, não poderei ler todos os livros que desejo, não poderei abraçar todas as pessoas que desejo. É necessário aprender a arte de “abrir mão” – a fim de nos dedicarmos àquilo que é essencial.”

Tenho pensado muito sobre isto e buscado em mim respostas. Ando fazendo interessantes descobertas. Estou tal qual Rubens Alves, “Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência. Minha alma tem pressa”.

E a sua? Tem tempo ou tem pressa?

Boa semana!

Acre 40 graus

Se você acha que ultimamente está muito quente, se prepare. Pesquisadores do clima alertaram que esta será uma semana extremamente quente em algumas regiões do país, incluindo o Acre.

A temperatura por aqui deve subir pelo menos três graus, fazendo nossos termômetros marcar 43. A sensação térmica então deve chegar quase a casa dos 50.

O calor excessivo altera a regulação natural do nosso corpo, provocando estresse térmico, e o resultado é dor de cabeça, cansaço, tonturas, irritação, entre outros.

Como se proteger do calor

  • Beba muita água;
  • Use filtro solar acima de 50 e protetor labial com filtro;
  • Use bonés, óculos e camiseta quando estiver no sol, criando barreiras físicas a luz solar;
  • Evite se expor em horário de sol mais intenso.

Tonturas X hormônios

Nunca imaginei que sintomas de tontura pudessem estar relacionados a questões hormonais, mas não é que podem estar. No período que antecede a menopausa, a peri-menopausa, os hormônios começam a cair no organismo e podem provocar alguns sintomas diferentes do que normalmente as mulheres sentem e, seus ciclos.

Quando conhecemos o nosso corpo e o observamos fica mais fácil perceber essas mudanças e identificar que eles podem estar relacionados a essas questões. Por isso, é importante criar uma relação saudável com seu organismo.

Sintomas peri-menopausa

Físicos

Os sintomas físicos mais frequentes na menopausa são – ondas de calor, ou fogachos, intolerância térmica, secura vaginal (podendo causar dor na relação), redução da libido, anorgasmia, alteração de pele e cabelo, alteração do risco cardiovascular, ganho de peso, redução da massa óssea, entre outros.

Os sintomas físicos possuem um forte determinante biológico da perda da ação estrogênica nos tecidos. Os sintomas mais frequentes são fogachos, baixa libido, irregularidade menstrual e secura vaginal. Agora, a questão mais importante é o aumento do risco cardiovascular. O estrógeno protege a mulher com relação ao risco cardiovascular, que é menor em relação ao sexo masculino durante o período fértil e se iguala após a menopausa.

Neurológicos

Sintomas neurológicos são frequentes, tais como: queixas de concentração e memória, sintomas de tontura ou zonzeira, sintomas depressivos e ansiosos, distúrbios de sono, fadiga, entre outros. Nessa fase podem surgir dores no corpo, queixas de dores de cabeça e alguma irritabilidade.

Nem de mais, nem de menos

Estudos publicados no Journal of the American Medical Association Network Open mostra que dormir de mais é tão prejudicial quanto dormir de menos. O excesso de horas de sono também pode levar ao desenvolvimento de diversas doenças, inclusive do Alzheimer.

A National Foudation recomenda que adultos durmam de sete a nove horas toda noite. E, para ter um sono ainda melhor, a entidade sugere estratégias como:

Manter o quarto agradável e escuro;

Não assistir televisão ou utilizar outros tipos de eletrônico perto do horário de ir para cama ou quando estiver deitado;

Não beber cafeína ou álcool ou refeições pesadas horas antes de ir para cama;

Fazer exercícios durante o dia, nunca perto da hora de dormir.

Publicado por elatem50

Jornalista, advogada, adepta da vida saudável, da prática esportiva. Assina 🗞 Coluna de bem-estar no @jornalopiniao #⃣ #ElaTem50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: